Entrevista com Flávia Milanez sobre a remarcação da Cachoeiro Stone Fair para 2021

0
326

Organizadores apostam na retomada das feiras com a realização da Marmomac e Xiamen Stone Fair, em setembro e outubro deste ano, e estudam medidas preventivas para a Vitoria Stone Fair, em fevereiro de 2021. Há perspectivas para projetos virtuais na semana de realização da feira brasileira.

Flávia Milanez

Em meio à pandemia da Covid-19, a Cachoeiro Stone Fair, tradicional evento do setor de rochas ornamentais, foi remarcada para agosto de 2021, enquanto que a Vitoria Stone Fair segue confirmada para fevereiro de 2021. Em entrevista exclusiva, a diretora da Milanez & Milaneze – empresa organizadora do evento –, Flávia Milanez, explica a decisão e acredita na retomada das feiras de negócios do segmento em meados do segundo semestre, com a realização da Marmomac, em Verona (Itália), no final de setembro, e da Xiamen, na China, no final de outubro.

“A Vitoria Stone Fair irá acontecer e certamente contará com todas as medidas de segurança recomendadas. Nossos próximos passos, assim como os de demais eventos pelo mundo, ainda dependem de decisões e acontecimentos que estão além do nosso controle”,
disse.

Flávia adianta ainda a expectativa de realizar algum trabalho com o público em agosto, de forma virtual, assim como os projetos que estão sendo desenvolvidos para este segundo semestre.

QUAL É A DECISÃO DA MILANEZ & MILANEZE SOBRE A REALIZAÇÃO DA CACHOEIRO STONE FAIR, NO ATUAL CENÁRIO DE PANDEMIA NO MERCADO BRASILEIRO?
A Cachoeiro Stone Fair integra há mais de 30 anos o calendário de negócios do setor de rochas ornamentais. Além dos negócios gerados durante o evento, a feira é um momento único, de encontrar e cumprimentar pessoalmente novos e antigos parceiros; dar um abraço em colegas de várias nacionalidades; ver de perto a beleza dos materiais e o resultado da dedicação de milhares de pessoas de todo o mundo, reunidos em um espaço lotado de sonhos, realidades, trabalho duro e oportunidades.

Na última edição, em 2019, foram mais de 180 expositores e um público visitante de 17.000 pessoas, vindos de todos os estados brasileiros e de outros 16 países. São muitas pessoas envolvidas, e, neste cenário da pandemia da Covid- 19, enxergamos como decisão
mais prudente não realizar o evento em 2020.

Foi uma decisão difícil, tomada com muito cuidado e estudo, porque sabemos do impacto não só para o setor de rochas ornamentais brasileiro, mas também no turismo e no comércio da cidade de Cachoeiro de Itapemirim. Mas a prioridade no momento é de zelar
pela saúde e bem-estar de todos os envolvidos direta e indiretamente com o evento.

ACREDITA EM ALGUM IMPACTO NA VITORIA STONE FAIR, QUE ACONTECE NO INÍCIO DO PRÓXIMO ANO? A ORGANIZAÇÃO VAI TOMAR ALGUMAS MEDIDAS DIFERENCIADAS NO EVENTO? COMO ESTÁ A PARTICIPAÇÃO E PERSPECTIVAS PARA A FEIRA?
Todas as feiras e eventos mundiais tiveram impactos neste ano, e no setor de rochas não foi diferente. Tivemos muitas feiras canceladas e adiadas. Porém, com a realização da Marmomac, no final de setembro, e a da Xiamen Stone Fair, prevista para a última semana de outubro, acreditamos que o calendário mundial comece a sua retomada.

A Vitoria Stone Fair irá acontecer de 2 a 5 de fevereiro de 2021 e certamente contará com todas as medidas de segurança recomendadas. Nossos próximos passos, assim como os de demais eventos pelo mundo, ainda dependem de decisões e acontecimentos que estão além do nosso controle. Mas, estamos acompanhando todas as recomendações das
autoridades competentes e adaptando nossas rotinas de trabalho e produtos às mudanças e necessidades do mercado.

Continuamos empenhados em fazer um evento cada vez melhor e alinhado aos desejos dos expositores, com ações para aproximar designers, arquitetos e construtoras ao mercado de rochas, de modo que cada vez mais se utilize a rocha natural brasileira, de maneira geral. E, sempre mantendo a tradição da feira em trazer os lançamentos do mercado com foco na realização de negócios imediatos e na aproximação comercial para geração de negócios futuros.

A MILANEZ & MILANEZE FAZ PARTE DO GRUPO VERONAFIERE, DETENTORA DA REALIZAÇÃO DA MARMOMAC, FEIRA QUE ACONTECE EM VERONA, NA ITÁLIA. QUERIA QUE FALASSE UM POUCO DE COMO SE PROJETA ESSE EVENTO PARA ESTE ANO.
A Marmomac está com a edição confirmada para 30 de setembro a 3 de outubro. Sabemos que o momento é de muitas incertezas, mas a decisão pela manutenção do evento foi também baseada em um estudo de avaliação, considerando alguns importantes pontos, em especial a retomada progressiva da mobilidade que já está acontecendo na Europa.

A ‘Marmomac Re-Start 2020’, como está sendo chamada, terá modificações no layout do evento, regulação da quantidade de visitantes e soluções digitais de reuniões e vendas para aqueles que não conseguirem comparecer ao local. É uma nova realidade para todos, mas o objetivo é retomar os negócios e impulsionar a economia do setor da forma mais segura possível.

COM A REMARCAÇÃO DA FEIRA DE CACHOEIRO PARA AGOSTO DE 2021, HÁ ALGUM OUTRO PROJETO PARALELO PARA O SEGUNDO SEMESTRE DESTE ANO?
Mesmo com as limitações que vêm se apresentando em meio à pandemia, continuamos trabalhando no que acreditamos: ser uma plataforma de impulsionamento para pequenos, médios e grandes negócios. Por isso, idealizamos com o Sindirochas e o Centrorochas o Stone Summit, um novo projeto para ouvir, engajar e impulsionar o setor de rochas, do qual a Revista Rochas é parceira. O projeto irá atuar conectando oportunidades através da geração de conteúdo de valor, encontros digitais e inteligência de mercado para empreendedores. Também temos estudado alternativas para uma ação virtual no período em que seria realizada a feira, em agosto.

São caminhos para a atuação do setor dentro de uma nova realidade, mas que não pretendem substituir a realização das feiras em seu formato tradicional. Acreditamos que as conexões criadas e nutridas por eventos como a Cachoeiro Stone Fair são insubstituíveis.