Projetos funcionais

0
137
Piso em mármore Carrarinha; Parede e bancada em mármore Nero Marquina

Janaína Naves é graduada em Design de Ambientes pela Universidade do Estado de Minas
Gerais (UEMG) e Administração de Empresas pela Unicentro Newton Paiva. Como designer,
os seus trabalhos diferenciados conquistaram grande notoriedade e são reconhecidos
nacionalmente em revistas de design e arquitetura, tendo recebido prêmios de destaque,
como o Top Of Quality Brazil/ Excelência, em 2015; e o Quality Brasil 2017.

Janaína Naves

Sempre atualizada com as novas tendências e soluções do mercado, a profissional marca presença constante em mostras, feiras, palestras, exposições do setor de design, decoração e construção civil, nacionais e internacionais.

Participou de três edições da mostra de decoração Morar Mais Por Menos, nos anos de 2012, 2014 e 2015; da mostra de móveis Vitrine Assinada Natuzzi, em 2017; e neste ano, da CASACOR Minas. Há mais de 10 anos trabalhando no segmento, Janaína Naves fundou a empresa Aleggra Design & Arquitetura, cuja equipe é composta por uma arquiteta e uma designer e uma graduanda em arquiteta. O escritório atua nos segmentos de reforma, construção, decoração, projetos lumino técnicos, móveis e paisagismo. No entanto, as obras de reforma e projetos de decoração de interiores são os mais requisitados pelos clientes, cujo perfil varia da classe média à alta.

Janaína conta com ótimas parcerias para a elaboração e execução completa dos empreendimentos. De acordo com a designer, os projetos são pautados na realização do sonho do cliente, personalizados conforme as características, demandas e gostos pessoais, sempre alinhados à funcionalidade e à estética. Além disso, precisa ser funcional e aconchegante.

“O cliente tem que sentir-se em casa, e não em um showroom. Nós, profissionais, temos a obrigação de mostrar as tendências em revestimentos, pedras, mobiliários, mas adequando às preferências do cliente. O homem está em busca de suas origens, e isso reflete na moda, na decoração. Na arquitetura e na decoração, o que estamos vendo é uma tendência mais retrô. Uma tendência ao uso de revestimentos naturais, como as pedras, e pedidos de projetos paisagísticos, trazendo o verde para o ambiente”.

Para Janaína, o uso das rochas naturais tem crescido exatamente pela busca do ser humano à natureza e bem-estar. “Ela traz sofisticação, beleza e valoriza o projeto, além de ter um custo acessível, em função da grande diversidade de materiais disponíveis hoje no Brasil. Entre as vantagens, aponto ainda a resistência, durabilidade e facilidade de manutenção”.

Bancada em granito São Gabriel

A designer de ambientes especifica rochas naturais em áreas molhadas, internas e externas, priorizando, inicialmente, materiais nacionais. “Tenho preferência pelos mármores Branco Especial, Siena, Nero Marquina e Travertino. Gosto muito das pedras com veios, dos acabamentos polido, bruto e acetinado, mas o acabamento sempre depende do conceito do projeto e do local no qual a pedra será utilizada. Muitas vezes, opto pelo revestimento padronizado, quando utilizo a pedra para revestimento de piso, devido ao custo mais acessível”.

Bancada e mesa de apoio em granito Branco Dallas

De acordo com a profissional, a principal vantagem dos produtos industrializados, como silestone e dekton, entre outros, é a gama de cores e homogeneidade do material. “Em alguns casos, os sintéticos se encaixam melhor na proposta, especialmente, em bancadas de cozinhas e áreas gourmets”.

Bancadas e piso em granito Branco Siena

Em sua avaliação, existem, atualmente, marmorarias capacitadas para atender às demandas solicitadas. No entanto, é importante manter parceria com uma empresa de confiança, já que o serviço é essencial para resultar em uma obra de boa qualidade e satisfatória para ambos os lados.