Ministro de Minas e Energia conhece setor de rochas do ES

0
108

O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, conheceu de perto o setor de rochas ornamentais do Espírito Santo, maior produtor e exportador de rochas do Brasil, no último dia 19 de maio. A viagem foi realizada a convite do deputado federal Evair Vieira de Melo (PP-ES), que acompanhou toda agenda ao lado do presidente do Sindirochas, Tales Machado, do vice, Eutemar Venturim, e do presidente do Centrorochas, Frederico Robison.

Ao conhecer empresas do setor nos municípios de Castelo e Cachoeiro de Itapemirim, o ministro comemorou a rápida recuperação do segmento em meio à pandemia do coronavírus. “Como ministro de Minas e Energia fiquei impressionado como o setor está se recuperando, como ele cresceu nos últimos quatro primeiros meses do ano, acho que é importante não só para o Estado, mas também para o país”, declarou. 

“Estou muito feliz em conhecer esse importante setor, não só para a atividade econômica do Espírito Santo, mas também do país. Como brasileiro, estou orgulhoso de ver como a atividade é desempenhada com tanto profissionalismo e comprometimento com a sociedade e o ambiente”, afirmou Bento Albuquerque.

O deputado Evair de Melo afirmou que a visita agregará mais conhecimento ao MME. “A visita do ministro nos dá muita confiança no respeito que o governo federal tem ao setor empresarial. Isso permite que o ministério esteja melhor embasado no trabalho para desburocratizar a extração e processo de rochas e avanço nas questões ambientais”, ressaltou.

Empresários do setor destacaram a importância da visita do ministro, motivo de satisfação, haja vista que este gesto demonstra o reconhecimento do governo federal quanto a pujança e importância do setor, salientando ser esta a primeira vez que um Ministro de Minas e Energia visita empresas do setor de rochas ornamentais.

Investimento

Durante a agenda na região sul capixaba, o ministro anunciou a previsão de que, em breve, seja firmado um novo projeto para estimular as exportações brasileiras do segmento no mercado internacional. 

“A Apex-Brasil está finalizando um projeto para incentivar, para aumentar, as exportações do setor de pedras ornamentais, não só diversificando, mas também agregando valor aos produtos que saem do Espírito Santo e dos demais estados. Eu acho que isso é muito importante, mostra que o setor é reconhecido, valorizado e tem uma grande capacidade de gerar emprego, renda e riqueza para o país”, afirmou Albuquerque. 

Sobre o projeto, o deputado Evair de Melo ainda informou que a parceria irá garantir a presença das indústrias capixabas em feiras internacionais. “Nos próximos dias, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos assinará com o Centrorochas um contrato para que possamos ampliar a participação em feiras internacionais, um montante que deve ultrapassar R$ 30 milhões em investimentos”, disse.